Linux – Instalação lighttpd 1.4.32

Post Atualizado: 11/02/2013

Quando se fala em servidor web, o que vem na cabeça da maioria é Apache, é claro! Eu durante bom tempo agi assim, e outra é prático, no linux via terminal você instala em poucos minutos, mas e quando o requisito é desempenho e custo de hardware?
Agora estou desenvolvendo uma aplicação médio porte para um ARM11 com 512 de memória RAM e ae? Por experiências próprias e cobaias já vi que o apache2 em foco, ele adora consumir hardware.
Eu sei e já usei as diversas otimizações em cima do Apache2 e funcionam, la na empresa ta excelente e você limita e trava várias configurações, mas navegando e testando um que me chamou atenção foi o lighttpd.
Muito bom, avaliando seu desempenho com um numero médio/alta de requisições, ele se comporta muito bem com o hardware, mas vamos ao que interessa, vamos instalar.
No caso estou usando o Ubuntu 12.04 LTS 64bits para o artigo.
A versão do repositório do Ubuntu é 1.4.28 já no site do lighttpd esta na 1.4.32 até ae não me importei tanto, até ver a data que 1.4.28 é de 08/2010 já a 1.4.32 é 11/2012 eu diria que para testes e intuito de aprendizado instale pelo repositório, já para produção recomendo instalar fazendo download do site e compilando o fonte, vamos fazer os dois.

Primeiro baixe o arquivo compactado da versão 1.4.32 sendo a ultima versão estavel até o momento que estou escrevendo este post 11/02/2013.

Via Código-fonte:

Vamos descompactar:

Agora vamos acessar o diretório que foi criado e dar uma olhada no que temos lá:

Não vou por todos arquivos pois maioria é referências e links para compilar e instalar, mas sempre que foi instalar desta maneira atente nos arquivos README e INSTALL, no README normalmente vai ser várias informações da versão, correções e o que me chamou a atenção foi alguns recursos novos em cima de DDOS e correção para enjaular o lighttpd que já tinha ouvido várias reclamações, já o INSTALL seria um guia do que você deve fazer para instalar, e foi o que segui.
Também tem um install-sh mas nem olhei este hehe.
O que o arquivo INSTALL diz pra fazer é:

(*) Descompactar
(*) Acessar o diretorio
(*) digitar ./configure
(*) digitar make
(*) digitar make install
(*) digitar exit

Os dois primeiros já foram vamos para os demais:

Porém instalando na vm de um parceiro que era Ubuntu 12 LTS, mas que ele tinha acabado de levantar a vm, algumas exceções surgiram no configure, para resolver tivemos que instalar umas dependências:

Apenas esta para compilação não resolveu, ae verificando o wiki do lighttpd é fornecida a seguinte listagem de libraries:

Ae sim, configure sem nenhum erro. Continuando …

Aqui ocorreu tudo bem, tanto na minha vm quanto na nova do meu parceiro. Continuando …

Se você chegou até aqui e nada mais deu errado, o pior já passou hehe. Vamos copiar o script de inicialização e arquivo de configuração, executando os comandos abaixo:

Você quase tem o lighttpd rodando, acalme-se falta pouco.

E é nesta parte que perdi algumas horinhas, já que é uma versão recente e com pouco material na internet sobre instalação e configuração.

O lighttpd já esta instalado e se digitar

Porem se for iniciar com /etc/init.d/lighttpd start, você irá se deparar com várias exceções na tela. Eu perdi um tempinho mais escrevi um script novo segue abaixo.

Agora vamos adicionar o conteúdo abaixo ao lighttpd.conf, esse foi o config padrão que estou usando e foi testado no meu parceiro.

O que você pode alterar para melhor atender é a opção var.server_root e server.document-root, no meu caso deixeu como /var/local/ e server_root + “www”, server.port outra opção importante saber pois é a porta que o lighttpd irá trabalhar, no caso deixei 81, já que tenho o apache2 rodando na 80 no mais pode deixar assim que não irá ter problemas.
Agora para testarmos nosso servidor web, acesse /var/local/www/ esse é o que usei, e usando o seu editor de texto via terminal favorito vamos criar um arquivo index.html, como abaixo:

Caso esteja usando vim ou vi como eu, para salvar e sair pressione ESC e digite :wq
Caso utilizar a porta 80 não tem mais nenhuma observação, proposital usei a porta 81, como tenho o apache2 rodando também então para acessar devo colocar o IP donde esta rodando o lighttpd no meu caso é 192.168.0.120, e em seguida :81 e a pagina é acessada.

TestandoLighttpdWeb

Via Repositório:

Agora o jeito mais full power complexo monstrão hehe.
Se você não liga de instalar a versão do repositório que já é velhinha, abra o terminal e digite:

Automaticamente e sem trabalho algum é criado um script em /etc/init.d/lighttpd (caso estiver usando Debian, Ubuntu ou derivados), e o arquivo de configuração /etc/lighttpd/lighttpd.conf já com uma configuração funcional default.
Como podemos notar é muito mais prático e simples instalar via repositório porem não é a versão mais atual e com correção de problemas.
Você pode editar o /etc/lighttpd/lighttpd.conf e mudar o caminho do diretório e a porta como no passo anterior, restart o serviço, crie o arquivo index.html no diretorio que definiu e acesse via web, e irá obter o mesmo resultado.

Espero ter ajudado e até a próxima!

Share Button

CC BY-NC-SA 4.0 Linux – Instalação lighttpd 1.4.32 by Cleiton Bueno is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.