Linux – Flisol 2015

Este mês, no dia 25 de abril aconteceu a FLISOL[link] (Festival Latinoamericano de Instalação de Software Livre), sendo o maior evento gratuito e sem fins lucrativos de Instalação de Software Livre, aconteceu em todo Brasil e nos países da America Latina, evento este que acontece desde 2005.

Este ano, pela sétima vez foi realizado em São Carlos-SP e tive oportunidade de fazer parte e apresentar sobre Raspberry PI, desde um overview geral da placa até o procedimento para obter e gravar o Raspbian e algumas aplicações para interagir com o GPIO (Piscar-Led e Ler estado de um botão) isso em C, Shell Script, Java e Python.

Brincamos também com algumas coisas com Pi4J[link], WiringPI[link], WebIOPI[link], RPi.GPIO[link] e um webserver usando apenas Python, e acionar o led via web.

Continue reading

Linux – Escolhendo interface para download no wget

Um comando muito útil no Linux e que todo SysAdmin, desenvolvedor e usuário Linux usa ou já usou é o wget[link], um comando sensacional pra você fazer download de qualquer arquivo, pacote, aplicação via terminal, exato, sem precisar de interface gráfica.

Eu não venho neste artigo explicar sobre o wget, já existe bastante material na internet, além do mais,  o comando é simples.

Você já estaria fazendo download do arquivo download.iso e uma barra de progresso é exibida logo abaixo.

Mas um caso curioso que venho expor é, imagina que você tenha 2 interfaces de rede ou até mais e todas com acesso a internet e você não quer baixar o pacote ou programa pela principal e sim em outra interface.

Continue reading

Linux – Instalando o PicoScope

A empresa Pico Technology[link] que possui como um de seus produtos os osciloscópios “portáteis” PicoScope, que sempre admirei e tive vontade de ter um mas, por recursos do Brasil (um país de todos) eu nunca consegui “R$”, além de diversos outros produtos muito interessantes que a empresa possui.

Porém, recentemente encontrei um o PicoScope PC Oscilloscope 2202[link] na empresa, um vovô da série 2000, modelo este que já esta descontinuado[link] e seu ano de lançamento foi 2002, apesar perante a exponencial que é o lançamento de novas tecnologias este equipamento é de grande utilidade ainda, segue uma breve descrição de suas especificações.

Continue reading

Arduino – Entendendo e usando o serialEvent()

Acredito que todo mundo que usou e programou um Arduino pelo menos para um teste simples já enviou/recebeu dados pela serial, certo? Algo muito simples e trivial de fazer até com exemplos prontos na própria IDE Arduino.

Um modelo basico deste tipo de aplicação seria este.

Continue reading

Linux – PinMux Utility V3 agora para Linux

PinMux_Linux_logo_cleitonbueno.com

É notável o uso da Beaglebone Black em diversos projetos, podemos ver tanto para hobbystas quanto em ambientes profissionais.

Uma placa de respeito, com varias versões eu particularmente possuo uma A6, onde o coração da Beaglebone Black ou BBB é um SoC da Texas Instruments, sendo um Cortex-A8 da linha SITARA AM335X operando a 1GHz.

Esse SoC AM335X(AM3358 ou AM3359) possui características técnicas muito interessantes como os dois conectores de 46 pinos (P8 e P9) com diversas interfaces de I/O como I2C, SPI, ADC, LCD, PWM, UART’s e os diversos GPIO’s e suas opções de uso.

Continue reading

Python – Criando senhas criptografadas para usuários Linux

PythonCryptYoctoProject_cleitonbueno.com

A um tempo atras precisei implementar uma receita do Yocto Project onde alguns usuários deveriam ser criados, porém enfrentei dois problemas.

1) Teria que criar algumas senhas e criptografar elas e como eram usuários Unix teria que ser no formato “compativel” com /etc/shadow

2) Pode ser que o operador pude-se adicionar a senha ou alterar sem criar usuário e/ou executar um passwd

Sem muito esforço já havia utilizado a crypt.h em C e nativamente o Python possui o modulo crypt, deve-se atentar sobre as versões Python 2.6, 2.7, 3.2 e Python 3.3 ou superior, pois na versão <= 3.2 existe uma implementação e na versão superior a 3.2 possui a mesma porém com alguns adendos, da implementação do crypt usando Python 2.6, 2.7 ou 3.2 irá funcionar nas versões mais nova o contrario não.

Continue reading

Python – Webserver em um minuto

PythonSimpleHTTP_www.cleitonbueno.com

Já ouviram a seguinte frase “A ocasião faz o ladrão”, não roubei nada, mas aproveitei a oportunidade para levar vantagens com o Python.

Estou eu entregando uma solução que desenvolvi para um cliente, eis que algo acontece e o webserver dele cai, não sei se Tomcat ou Jetty, era algum destes webservers Java, parou!

Não estou aqui para falar mau deles, além do mais, admiro muito o Tomcat por exemplo ele é webserver do ScadaBR, muito menos o Jetty que é o webserver ou foi por muito tempo do Zimbra Webmail e são fantásticos, porém, neste momento aconteceu o inesperado.

Continue reading