RaspberryPI – Transferindo arquivos com netcat

Depois de alguns meses pois fui aos poucos trabalhando em cima de um kernel redondinho e o mais leve possível para a minha aplicação, rootfs apenas com o que eu classifiquei como importante, visto que não demandaria acesso via web, e nem com nenhum tipo de configurador apenas coletar dados, salvar em um banco de dados e exibir algumas informações na display (vídeo) conectado no HDMI do RaspberryPI.

Até tem uma sacadinha que é chamada no xinetd para atualizar o software mas é algo bem restrito assim como os que são chamados na comunicação, enfim…

Algo me ocorreu esta semana, onde após gravar no SD Card subir o sistema e ficar horas em testes precisei subir 2 scripts (Shell) que fariam coisas bobas, porém eu não tinha um sftp, Ftpd igual nos roteadores que tem por ae, SSH? Não instalei nem openssh-server quanto menos dropbear, com o dropbear acho que seria suficiente apesar de não permitir transferência de arquivo me parece já ter visto algumas vezes uma “gambizinha” com scp, porém eu não poderia instalar algo com ipkg apenas para subir dois scripts, o que fazer?

1) Abrir os scripts em outro local e ir passando o código na mão?

3) Desligar o RaspberryPI que estava com uptime dos testes com mais de 5 dias e copiar os scripts :( ?

2) Tirar as crianças da sala, regaçar as mangas e mostrar porque sua mulher te escolheu :) ?

Brincadeiras a parte, mas no momento em que eu estava desligando o brinquedo lembrei de uma ferramenta que é show de bola e já salvou muita gente, o netcat (nc).

Segundo o Wikipedia netcat foi escrito em março de 1996 ( ele tem 18 anos, já pode tirar carta :) ), conheço ele faz tempo mais digo que foi em torno de 2006, onde eu procurava algo para transferir arquivo :), mas ele vai além disso, realizando as combinações dos seus parâmetros ele pode se tornar um port scan, servidor tcp ou udp, um chatzinho, além de outras outras mais maldosas.

Vamos dar uma olhada no help desse cara:

Eu cortei alguns pedaços, deixei os parâmetros que irei utilizar e alguns outros interessantes que você pode brincar ae, no próprio man dele já tirou minhas duvidas quanto a transferir arquivos em DATA TRANSFER, o que nos interessa são -l para iniciar o socket em escuta ou melhor roda em modo servidor, -v maior detalhamento na saída e -n que não resolve nomes DNS neste caso sem utilidade então não precisa resolver.
Então no RaspberryPI que irá receber os scripts atuará como servidor, e o meu notebook como cliente que irá enviar o script, abaixo o comando no RaspberryPI:

No notebook ficou assim:

No meu caso 192.168.0.50 é o meu notebook e 192.168.0.12 é o RaspberryPI.

Depois de transferido é automaticamente fechado, nos dois lados! Um detalhe importante a ser tomado é que a transferência não é criptografada, então como solução não é interessante pois qualquer sniffer conseguiria abstrair a sua informação.

Tem várias outras opções legais para serem usadas como -w para timeout, caso for abrir a conexão para alguém estipule um tempo, para não acabar abrindo brecha né ;), lembro-me muito bem de uma opção onde era possível executar um comando após “bater” em uma porta do netcat em escuta, mas pelo que vi removeram pelo menos dessa versão que estou usando, e dando uma pesquisada achei alguém explicando aqui, gostei de ver suporte a ipv4 e ao ipv6 isso é muito legal e o -P para passar autenticação de um proxy, show de bola também.

Pessoal a ideia do post era essa, ou seja, um problema que encontrei e como fiz para resolver que com certeza poderá ajudar vocês quando precisar transferir algo com Linux e não tiver internet para pesquisar ou até mesmo em um local remoto.

Espero que tenham gostado e até a próxima!

Referências

http://www.pedropereira.net/netcat-nc-tutorial-linux-windows/
http://www.vivaolinux.com.br/artigo/Tutorial-Netcat/
http://www.dicas-l.com.br/arquivo/usando_o_netcat.php
http://www.cooperati.com.br/2011/10/13/netcat-um-comando-multiplataforma-e-multiuso/

Share Button

CC BY-NC-SA 4.0 RaspberryPI – Transferindo arquivos com netcat by Cleiton Bueno is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

  • Complementando seu post, o netcat tem várias versões e forks, o original mesmo de 1996 não tinha nem suporte a proxy, ao menos uma versão já chegou a quebrar compatibilidade entre parametros já existentes. Já tive ao menos 2 questões envolvendo isso, uma que realmente não me recordo o que era e a outra é uma feature que precisei, o OpenBSD netcat, é o netcat que vem linkado por padrão no raspbian e não suporta aquela antiga Cmdline como o original. O raspbian vem também com o tradicional apesar de não ser o padrão:

    -rwxr-xr-x 1 root root 26256 Jun 23 2012 /bin/nc.openbsd
    -rwxr-xr-x 1 root root 22212 Jun 23 2012 /bin/nc.traditional

    lrwxrwxrwx 1 root root 20 Sep 25 2013 /bin/nc -> /etc/alternatives/nc
    lrwxrwxrwx 1 root root 15 Sep 25 2013 /etc/alternatives/nc -> /bin/nc.openbsd

    • Muito bem observado, e complementou. Obrigado!